Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O conceito do "A Peer-to-Peer Electronic Cash System" proposto há cerca de 9 anos no paper do Satoshi Nakamoto inclui dentre tantas funcionalidades a irreversibilidade de uma transação de Bitcoin. Atrelado a isso, ainda temos outra funcionalidade interessante, isto é, tendo posse das chaves privadas de sua carteira (wallet), você pode armazenar seus Bitcoins (BTC) de modo bem seguro. (COntinue lendo)

Estas características dão ao usuário de Bitcoin a possibilidade de gerenciar seu próprio dinheiro/patrimônio de forma autônoma, sem a presença de terceiros e esse é o conceito por trás do "Be your own Bank" ("Seja seu próprio Banco") quando se fala em Bitcoin.

Porém, ser seu próprio Banco, inclui muita responsabilidade, ou seja, não é possível culpar terceiros de um erro no qual se tenha cometido, por exemplo, transferir Bitcoins para um endereço de carteira errada. Como não é possível reverter a transação, deve-se ter muito cuidado com serviços intermediários de troca, como por exemplo exchanges. Você daria seu dinheiro para qualquer um? Você conhece quem está por trás da exchange ou serviço oferecido? Saberia como recorrer em caso de não cumprimento dos termos presentes em qualquer site ou plataforma? Você daria R$ 1.000 reais e esperaria a troca por um produto/bem para alguém em quem não confiasse?

Artigos relacionados:

1. Legislação brasileira torna inviável transações no LocalBitcoins.com (O Golpe do LocalBitcoins)
2. Movimento regulatório do Bitcoin no Brasil é uma ameaça ao seu uso
3. Maioria das exchanges estão sobrecarregadas (overload)
4. A visão do Bitcoin como propriedade e um ativo defensivo
5. #UASF e #BIP148 - O que são?

Pois bem, neste artigo relato dois casos que valem a pena serem destacados:

Essa semana soube de um caso de um usuário do Reino Unido que copiou e colou um endereço errado e enviou 13 Bitcoins para um endereço desconhecido. Pois é, já era. Resta apenas dizer "sinto muito, por sua perda". Infelizmente, eu perdi o link do relato com o transaction ID. No entanto, vários outros casos parecidos, inclusive, envolvendo falha de segurança, como malwares e vírus, no computador do usuário, implicaram em perdas.

É então que vem o alerta: - Ser seu próprio banco exige responsabilidade. É preciso estar vigilante a todo momento com a segurança do seu sistema operacional, manutenção de hardware, caso sua wallet esteja em seu computador, com o manuseio correto de sua carteira e, por último, não esquecer de fazer os devidos Backups para não perder nada em caso de problemas.

Caso tenha feito algum envio de Bitcoins para um endereço errado, existe uma prática que pode dar certo se a transação ainda não tiver sido confirmada. Trata-se forçar um gasto duplo, ou seja, causar um ataque de gasto duplo (Double-Spend) para que a transação anterior seja substituída por uma nova. Mas na prática, um ataque de gasto duplo é difícil de fazer, principalmente se for um usuário leigo (Veja aqui).

A melhor solução é sempre previnir que este caso ocorra.

O segundo caso que destaco é quando sua exchange favorita na qual você confia sai do ar por problemas técnicos. Aconteceu isso com a Foxbit recentemente. Daí você parte em busca de achar não só uma outra boa exchange, mas que tenha boa liquidez e com que tenha bons preços para compra ou venda. Não é verdade? Só que não.

A primeira coisa que você tem que fazer é verificar de quem é a exchange (Who is?). Se é de pessoa física (CPF), se é de empresa (CNPJ), e se o CNPJ/CPF está regular. Além de verificar se as pessoas por trás do negócio são pessoas perfeitamente confiáveis, com boa reputação. Deve-se verificar, também, se a exchange já sofreu ataque Hacker, se houve perda dos Bitcoins. Avaliar de uma maneira geral como é a segurança do site. Lembre-se: evitar estas etapas, pode ser entregar seus sagrados Bitcoins de bandeja, na mão de um golpista, de um negligente ou de um fraudador.

Passei maus momentos utilizando a "Bitinka.com.br", conforme relado no artigo "Bitcoins enviados, confirmados mas que nunca chegam ao destinatário".

Quando fui verificar o "Who is?" do domínio do Bitinka, por exemplo, constava o seguinte:

Titular: Dattatec.com SRL
Documento: 234.443.108-03
País: BR
Contato do Titular: DHSLT
Contato Administrativo: DHSLT
Contato Técnico: DHSLT
Contato Cobrança: DHSLT
Servidor DNS: pdns07.domaincontrol.com
Servidor DNS: pdns08.domaincontrol.com
SACI: Sim
Criado: 03/08/2015 #14504835
Expiração: 03/08/2017
Alterado: 19/07/2016
Status: Publicado

Para começar, o titular é uma empresa, mas o documento identificado é um CPF (234.443.108-03). Procurando esta empresa Dattatec.com pelo CNPJ vemos que é uma empresa de hospedagem de sites com o CNPJ vencido.

CNPJ
10.777.229/0001-90
Nome fantasia
Dattatec.Com
Razão social
Dattatec.Com Hospedagem de Sites Ltda. - ME
Data de abertura
23/4/2009
Telefone
(51) 3333-3348
Natureza jurídica
Sociedade Empresária Limitada - Código 2062
Status da empresa
Baixada devido a Extincao P/ Enc Liq Voluntaria

Dá para confiar numa exchange dessa? Você entregaria seus Bitcoins para ela te prestar um serviço, como trocar seus Bitcoins por reais?

Além do meu artigo, neste post do Bitcointalk, usuários relataram que não só a Bitinka é duvidosa, como já teve dados de usuários vazados e sofreu inúmeros ataque hackers. Inclusive, ela ficou fora do ar na semana em que escrevi este artigo.

Portanto, ao mesmo tempo que o Bitcoin te dá a possibilidade de ser seu próprio banco, o que é fantástico, mas exige cuidado e responsabilidade dos usuários. Isto é, "seja seu próprio Banco", mas atenção, por sua própria conta em risco.

Grande Abraço,
Wendel.