Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Olá pessoal.

Este artigo é mais um daqueles para deixar os usuários em alerta principalmente quanto ao depósito de Bitcoins em corretoras sobrecarregadas (com overload). Continue lendo...

Já fiz um artigo relatando tais problemas:

Artigos relacionados:

1. Legislação brasileira torna inviável transações no LocalBitcoins.com (O Golpe do LocalBitcoins)
2. Movimento regulatório do Bitcoin no Brasil é uma ameaça ao seu uso
3. Maioria das exchanges estão sobrecarregadas (overload)
4. A visão do Bitcoin como propriedade e um ativo defensivo
5. #UASF e #BIP148 - O que são?

Aqui no Brasil, a Foxbit, maior exchange de Bitcoins brasileira, não só sobrecarregou como saiu do ar tempos depois de eu ter feito o artigo acima.

E a verdade é que muita gente ficou órfão de exchange, com a saída da Foxbit. Pois bem, experimentei algumas outras exchanges brasileiras. Em todas me guiei pela cotação do Bitcoin e as taxas cobradas. As que me chamaram atenção foram a NegocieCoins e a Bitinka, em ambas fiz operação de venda (sell).

Para poder vender, antes, primeiro, é preciso depositar seus Bitcoins. Na NegocieCoins, o processo foi bem transparente, assim como era na Foxbit. Imediatamente após o envio, o sistema identificou a transação e fiquei apenas acompanhando a validação pela rede (Esperando o número de confirmações da rede).

Porém, na Bitinka, o processo não foi nada transparente, demorou cerca de 12 horas para ser compensado e depois de reclamar muito com o suporte. Detalhe que coloquei uma taxa de compensação bem gorda (de 0.0008 BTC) para conseguir operar mais rapidamente. A Bitinka informava em seus termos e condições que após 3 confirmações da rede, os Bitcoins seriam compensados. Só que a transação teve mais de 18 confirmações e nada dos Bitcoins aparecerem.

O que de fato aconteceu?

Parece que a Bitinka utiliza a BitGo como sistema de compensação dos Bitcoins. No depósito, é gerado um endereço dinâmico, ou seja, a cada depósito, é gerado um novo endereço de depósito de Bitcoins.

No momento em que você faz envio dos Bitcoins e tenta acompanhar o número de confirmações, começam a haver embaralhamentos e você acaba não conseguindo mais rastrear para onde foram seus Bitcoins de fato. Isso me deixou muito preocupado. Para piorar mais, ao tentar acionar o suporte, após as três confirmações da rede, o endereço que foi gerado anteriormente, não podia ser recuperado ao sair da página de depósito. Não constava em nenhuma parte do site a identificação de que foi feita aquela transação ou algo que informasse o número de confirmações da rede para a transação.

Como provar que os Bitcoins foram enviados?

Essa, com certeza, os mais experientes tiram de letra. O Blockchain do Bitcoin não mente e é muito difícil, até agora impossível de ser fraudado. Isso quer dizer que, se você salvou o transaction ID da operação, para provar que os Bitcoins foram enviados basta apenas confirmar que foram enviados para a carteria (endereço certo) para conseguir provar a transação. Veja a figura abaixo da minha transação com as minhas observações:

O interessante é que com o Transaction ID, você pode usar qualquer explorar de blocos para verificar a transação. Eis aqui alguns bem famosos:

https://blockchain.info/
https://blockexplorer.com/
https://btc.com/

No entanto, como o endereço é dinâmico e gerado aleatoriamente, alguns tem até um prazo de expiração, é importante que você tire um "Print Screen" da sua tela.

Com o transaction ID e o Print Screen da tela (Imagem da sua tela), gera uma prova infalível de que os Bitcoins não só foram depositados, mas depositados no lugar certo (endereço da carteira correta).

Cuidados com Scams ou fraudes!

Enquanto esperava a compensação do Bitinka após ter acionado o suporte, comecei a pesquisar sobre o assunto. Se haviam casos parecidos, e, acreditem, haviam. Se trata do estranho caso de "BTC sent and confirmed but did not arrive" (Bitcoins enviados, confirmados, mas que nunca chegaram).

Este tipo de caso pode ter várias origens, dentre elas:

1. Erros no sistema da exchange, que não faz a identificação correta e automática dos novos Bitcoins que entram em custódia;
2. Scams (fraudes / golpes) da exchange querendo postergar a identificação do pagamento (isso pode acontecer com corretoras insolventes / que estão prestes a falir);
3. Falha no sistema de segurança da exchange, que te gerou o endereço de depósito de um terceiro, provavelmente de um hacker que conseguiu invadir o sistema (fato raro, mas não impossível de acontecer);
4. Você acessou um site espelho (cópia quase perfeita) do site legítimo e deposita os Bitcoins não na carteira da corretora, mas na carteira de um terceiro, autor do site espelho; Entre outros.

No meu caso, parece ter sido um erro da Bitinka devido a um atraso na compensação do pagamento que é processado pela BitGo. Mas é preciso estar sempre atento pois como você já deve saber, a transação de Bitcoins é irreversível. Enviou um pagamento para um endereço errado (seja por fraude, falha do site) já era. Se o seu caso for parecido com o meu, e sua exchange for idônea, só te resta provar através do Transaction ID e do Print de sua Tela mostrando o endereço dinâmico gerado especificamente para o seu depósito.


Fique atento a essa dica de hoje para não ser enganado. Caso tenha outras dicas, ou queira relatar seu caso, deixe nos comentários.

Grande Abraço,
Wendel.