Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Há uma verdadeira queda de braço entre mineradores e a comunidade em torno do Bitcoin. É fato que um não existe sem o outro,isto é, para a rede funcionar, ambos tem que coexistir. Para os mineradores, é sempre interessante que a rede tenha altas taxas de transação (high fee's) para aumentar o profit (ROI - Retorno sobre o investimento), o que só se consegue se a rede estiver congestionada. Para os usuários e a comunidade em geral, interessa sempre movimentar, comprar/vender ou fazer pagamentos via Bitcoins pelo menor custo possível e com rapidez. Para isso, parâmetros como escalabilidade e fungibilidade são importantes.

No meio de diversas discussões sobre este assunto, o usuário iniciante pode estar perdido ao ver comentários sobre:

1. Segwit
2. UASF
3. BIP148

Vou tentar esclarecer os dois últimos.

O SegWit você pode começar a entender vendo os artigos abaixo:

Outros artigos relevantes:

1. O que esperar do Bitcoin para 2017? Um pouco sobre SegWit, Blocksize, Libsecp256K1, BIPs 68 & 112, IBLT's e Bitcoin em Camadas (Layers)

2. Segwit será implementado no Litecoin (LTC) e pode ser um grande teste para o Bitcoin (BTC)

O que é o UASF?

UASF significa "User Activate Soft Fork" é um mecanismo em que o tempo de ativação de um soft fork ocorre de modo forçado pelos Full Nodes (Nós da rede que rodam o Blockchain em sua totalidade) numa data específica. É um conceito relacionado a majoridade econômica. Um UASF requer muito apoio e coordenação, é uma boa prática para um eventual hard fork em que se requer muito mais atenção ainda (Para não acontecer um split no Blockchain). No passado, um UASF foi realizado com sucesso para ativação do P2SH soft fork (BIP 16), que possibilitou uma padronização do script e algumas regras de validação de cada de transação.

O que é o BIP 148?

O BIP é um "Bitcoin Improvement Proposal". É um processo usado para propor atualizações na rede. Existem várias propostas de melhoria, em particular, o BIP 148, promove um UASF forçando a ativação do SegWit em uma determinada data entre 1º de agosto até 15 de Novembro de 2017. Os blocos da rede que não fizerem a atualização começarão a ser rejeitados.

É importante entender que o UASF é diferente do MASF. O MASF é entendido como "Miner Activated Soft Fork". É um mecanismo no qual os mineradores sinalizam a ativação de um soft fork para ocorrer a atualização da rede. Isso permite uma atualização relativamente rápida de um Soft Fork, deixando com que os Full nodes atualizem posteriormente. Na verdade, no MASF, quanto mais "Hash Power", poder de mineração, maior o peso na contribuição da sinalização para um soft fork. Este método já foi usado para ativar o BIP 65 e o BIP 112 com sucesso.

O que o usuário comum precisa fazer para forçar o BIP 148?

É importante frisar, que tem muito minerador gostando da rede congestionada. Então, se depender deles, é provável que o BIP 148 não seja ativado. O UASF é importante porque engloba toda a comunidade e não apenas os mineradores, somente. Para o usuário comum, é interessante que o mesmo utilize clientes que sinalizem o BIP 148, para apoiar a proposta e cobre, se for usuário de algum serviço que não tenha sinalizado o BIP 148, ou migre para alguma plataforma que já tenha sinalizado.

A lista, até o momento, você encontra aqui.

Grande Abraço,
Wendel.


Referências:

1. http://www.uasf.co/
2. https://github.com/bitcoin/bips/blob/master/bip-0148.mediawiki
3. https://www.reddit.com/r/Bitcoin/comments/6e25yx/im_investing_on_bitcoin_for_some_time_but_what/